Pular para o conteúdo
  • PT
  • EN
?Meses
?Dias
?Horas
?Mins
?Segs

Conheça os professores estrangeiros convidados para ministrar os cursos sobre a história do cinema dos países do BRICS

A programação do 4º Festival de Cinema do BRICS incluirá quatro cursos sobre a história do cinema: da África do Sul; da China; da Índia; e da Rússia, todos ministrados por professores estrangeiros especialmente convidados para o evento.

Conheça mais sobre a trajetória desses professores renomados.

Ashish Rajadhyaksha e sua enciclopédia do cinema indiano

O professor Ashish Rajadhyaksha é um dos pesquisadores confirmados do 4º Festival de Cinema do BRICS. Rajadhyaksha é um dos maiores especialistas em cinema indiano e um dos autores do livro “Encyclopedia of Indian Cinema”, que abrange filmes nas principais línguas indianas, contendo informações relativas às biografias de seus diretores, atores, produtores e roteiristas. O livro inclui uma linha do tempo, em que são narrados os principais marcos do cinema indiano, além de um infográfico dos filmes sonoros e silenciosos.

 

Para o curso de história do cinema chinês, está confirmada a presença do professor Dr. Shi Chuan, que também é crítico de cinema e produtor de filmes em Xangai

Escolhido para ministrar o curso de história do cinema chinês, o professor Shi Chuan é presença confirmada no 4º Festival de Cinema do BRICS. Chuan também e crítico de cinema, produtor de filmes em Xangai e professor na Shanghai Theatre Academy, uma das mais tradicionais escolas de cinema da China.

Nos últimos sete anos, seu pioneirismo o levou a envolver ainda na restauração e preservação digital de filmes clássicos chineses, como Hibiscus Town (1986) e Stage Sisters (1965). 

 

Martin Botha traz ao festival a história do audiovisual na África do Sul

Um dos representantes da África do Sul já confirmado para o 4º Festival de Cinema do BRICS é o professor Martin Botha, autor do livro “South African Cinema 1896-2010”.  Especialista em história do cinema sul-africano, Botha retrata nesta obra a história do audiovisual no país, com uma abordagem inclusiva. O livro também traz como proposta analisar o turbulento contexto sociopolítico de mais de um século do país. São mais de 200 ilustrações, englobando muitos aspectos da história do cinema sul-africano que nunca haviam sido documentados.

 

Peter Bagrov ministrará o curso de história do cinema russo e soviético

Professor, Peter Bagrov é historiador de cinema e arquivista audiovisual. Bagrov, que também participará do Encontro de Preservação Audiovisual do 4º Festival de Cinema do BRICS, acaba de ser contratado pelo George Eastman Museum, em Rochester, como curador de imagens em movimento, no lugar de Paolo Cherchi Usai. Tem doutorado pelo Institute for Cinema Studies em Moscou (2011) e foi pesquisador associado do Russian Institute of Art History e professor associado na St. Petersburg State University of Film and Television. Entre 2013 e 2017 foi curador sênior na Gosfilmofond of Russia. Foi ainda diretor artístico do Festival de Filmes de Arquivo “Belye Stolby” e vice-presidente da Federação Internacional de Arquivos de Filmes (FIAF). Suas áreas de interesse são filmes soviéticos, teatro e história da arte do período de 1910 até 1960. Publicou mais de 100 artigos e foi curador de várias retrospectivas em festivais de cinema. 

 

Os cursos serão realizados de forma intensiva, com aulas ministradas em inglês, com tradução simultânea, sendo acompanhadas pela exibição de filmes raros (com legendas em inglês).

Nestes cursos, os professores irão trazer uma visão aprofundada dos diferentes períodos e estilos do cinema de cada país, que será complementada pelos títulos exibidos na Mostra Clássicos BRICS.

As inscrições serão gratuitas e aqueles que obtiverem frequência mínima de 75% das aulas receberão certificados.

Notícias

Home
© Festival de Cinema BRICS 2019. Todos os direitos reservados.